Integrantes da CTPP visitam Secretaria de Esporte e Lazer de Mogi das Cruzes

por Gabinete de Gestão e Planejamento Estratégico de Comunicação Social publicado 05/08/2022 15h05, última modificação 05/08/2022 18h46
Comitiva de Guarulhos obteve informações sobre a gestão do esporte, bem como dos desafios enfrentados para valorizar a área

Integrantes da Câmara Temática de Pesquisas e Proposições (CTPP) de Esporte, da Câmara de Guarulhos, visitaram a Secretaria de Esporte e Lazer de Mogi das Cruzes na quinta-feira, dia 4. Eles conheceram as principais ações da Pasta, algumas instalações esportivas, como também o ginásio poliesportivo que será inaugurado em setembro. O secretário de Esporte de Mogi, Gustavo Nogueira, ponderou as dificuldades do setor, em especial pelo orçamento reduzido de 12 milhões de reais em 2022.

Nogueira disse tratar-se de uma Pasta pequena em relação ao orçamento, mas muito popular e importante no desenvolvimento do município. “No Brasil, infelizmente, o esporte não é levado muito a sério, como deveria ser. O esporte pode desafogar outras secretarias, como Saúde, Educação e Segurança”, disse. Segundo ele, administrar o setor é um grande desafio, para que as atividades sejam realizadas a contento. “O prefeito de Mogi (Caio Cunha) apoia bastante o Esporte, por ter sido atleta, ele conhece bem as necessidades da Pasta”, disse.

O secretário ainda destacou o Centro de Para-desporto de Mogi como uma referência regional. Ele ressaltou também que há uma preocupação da gestão do município em fortalecer o esporte de base e ampliar o acesso em áreas periféricas. “Uma das coisas que o prefeito fala muito é descentralizar o esporte, pulverizar e apoiar várias modalidades; começar pela periferia e trazer para o centro”, explicou.

O coordenador de Projetos Estratégicos da Câmara de Guarulhos, Devanildo Damião, avaliou a visita a Mogi das Cruzes como uma oportunidade de trocar experiências sobre os desafios enfrentados por ambas as cidades. “Mogi é uma cidade importante do Alto Tietê que tem muitas dificuldades comuns na área do esporte. Aqui, a gente presencia as potencialidades e as formas como estão superando alguns obstáculos. Dessa forma, nós podemos consolidar as informações para que os vereadores possam tomar decisões adequadas em termos de política pública”, disse.

 

Foto: Bruno Netto